Voto de pesar – Gonçalo Ribeiro Telles

O Conselho Nacional das Ordens Profissionais, reunido a 12 de novembro de 2020, aprova um voto de pesar pela morte de Gonçalo Ribeiro Telles e apresenta sentidas condolências à sua família e a todos os que sentem profundamente a sua ausência.

O Governo decretou em sua homenagem um dia de luto nacional. Gonçalo Pereira Ribeiro Telles morreu na quarta-feira em casa, em Lisboa, aos 98 anos.

Gonçalo Ribeiro Telles foi uma referência de transversalidade no seu percurso.

Licenciou-se em Engenharia Agronómica e terminou o Curso Livre de Arquitetura Paisagista, no Instituto Superior de Agronomia da Universidade Técnica de Lisboa (ISA).

O CNOP representa os profissionais detentores de elevados conhecimentos técnicos e científicos altamente diferenciados e, portanto, não poderia deixar de prestar uma última homenagem pública a um Homem que sempre foi expressão de saberes conjugados e que sempre se distinguiu na vida profissional e política através de idiossincrasia própria e uma vincada mundividência, com as quais sempre acrescentou valor à sociedade – sendo a sua perda uma notícia extremamente triste, também, para toda a comunidade de profissionais qualificados, que hoje lhe presta uma respeitosa homenagem perante a sua memória.

Lisboa, 12 de novembro de 2020.

O Presidente do CNOP
Carlos Mineiro Aires
(Bastonário da Ordem dos Engenheiros)

Consulte o voto de pesar do CNOP (pdf).