CNOP pede ao Governo medidas transversais para as ordens profissionais

O Conselho Nacional das Ordens Profissionais (CNOP), que representa 471 mil profissionais de 17 ordens profissionais, enviou ao Governo, na pessoa do primeiro ministro, propostas com um conjunto de medidas transversalmente consideradas fundamentais à eficiência e à correção da organização e funcionamento de instituições, sujeitos coletivos e individuais e demais estruturas presentes na estrutura do Estado português, nos seus diferentes setores.

Consulte a carta remetida pelo CNOP ao Governo (pdf).