Solicitadores organizam encontro internacional para resolver pendências

Mais de 500 agentes de execução reuniram-se a 16 de Julho, na Universidade Católica, para a segunda edição das “Jornadas de Estudo dos Agentes de Execução”

Congresso dos Solicitadores

Com o slogan “Cobrar e Extinguir”, este encontro internacional revela-se de extrema importância face à situação económica que o país atravessa, ao debruçar-se sobre as soluções para a eficácia e celeridade processual, o incumprimento e expectativa de cobrança e o processo de despejo, áreas primordiais para a redução da pendência processual para metade.Disso mesmo deu conta o presidente da Câmara dos Solicitadores, José Carlos Resende, na sua intervenção que abriu a sessão, ao referir que os agentes de execução vão ter um papel muito importante no cumprimento do objectivo definido entre o Estado português e a ‘troika’ de reduzir as pendências em tribunal.

Para isto contribuem, também, as melhorias implementadas ao SISAEE (Sistema Informático de Suporte à Actividade do Agente de Execução), apontado como exemplo para a Europa por Leo Netten, presidente da Union Internationale des Huissiers de Justice (UIHJ). “Dentro de alguns anos serão líderes europeus. Este sistema electrónico é um exemplo para todos os membros da UIHJ.”

A partir de Setembro, os agentes de execução vão trabalhar num novo sistema informático que os dotará de mais e melhores meios. Recorde-se que na actual conjuntura económica, a acção executiva e os processos de insolvência são dois pontos fulcrais na renovação da justiça exigida pela troika.

Congresso dos Solicitadores